Todos os posts de jnnabocadopovo

Colisão entre carro e vaca deixa homem ferido na RJ-186 em Pádua

Imagens de Joanderson Gonzaga - Cedidas pelo Portal Serra News

Na madrugada desta sexta-feira 26 de novembro, o Destacamento do Corpo de Bombeiros foi acionado por volta das 1 hora e 40 minutos para atender ocorrência de acidente de trânsito na RJ-186 em Santo Antônio de Pádua próximo a Ibitiguaçu.

No local os militares encontraram uma colisão entre um carro e uma vaca, o motorista do veículo de 47 anos sofreu alguns ferimentos na testa, o mesmo foi socorrido e conduzido para o Hospital Hélio Montezano, já a vaca não resistiu e morreu no local.

Policiais Militares do BPRv estiveram no local e registraram a ocorrência na 136°DP.

PM dá início a processo de integração do serviço 190 em Campos, Macaé e Petrópolis

A Secretaria de Estado de Polícia Militar deu início a um processo de integração do Serviço 190 para o interior fluminense. Até o final deste ano, as salas de operação de três batalhões fora da capital – 8º BPM (Campos dos Goytacazes), 16º BPM (Petrópolis) e 32º BPM (Macaé) – estarão integradas ao Serviço 190 da Subsecretaria de Comando e Controle  da Secretaria de Estado de Polícia Militar. A novidade representa o primeiro passo para concretizar o projeto de integração do Serviço 190 e expandi-lo da Região Metropolitana para todo o território estadual.

Atualmente, operadores do Serviço 190 instalados no Centro Integrado de Comando e Controle (CICC) atendem as demandas dos municípios com maior densidade demográfica da Região Metropolitana – Rio de Janeiro, Baixada Fluminense e Grande Niterói. 

Ao longo do próximo ano, além de Campos, Petrópolis e Macaé, os batalhões das demais cidades do interior passarão também a trabalhar de forma integrada com a coordenação central.

O processo de integração do Serviço 190 para interior exige etapas distintas. A primeira, referente à área jurídica, já foi resolvida com a homologação das licenças para a utilização do software de atendimento e despacho. 

As etapas seguintes  – aquisição de equipamentos e treinamento de pessoal – serão cumpridas no decorrer do processo de implantação, como está acontecendo nas unidades sediadas em Campos, Petrópolis e Macaé.  

Para os cidadãos dos municípios sob a jurisdição das unidades operacionais contempladas com a integração, a mudança não surtirá efeito de imediato. O solicitante continuará ligando para o número 190 e sendo atendido por operadores da central do batalhão da área. 

Contudo, para a Polícia Militar a integração representará um ganho de grande relevância, o que, em última instância, será refletido na melhoria da qualidade do serviço prestado à sociedade no interior. Isso porque a padronização dos protocolos de atendimento e despacho de viaturas possibilitará um controle maior da coordenação central no CICC. 

Somando-se a isso, a geração de informações mais precisas e confiáveis será um instrumento importante para análise quantitativa e qualitativa de dados gerados nas ocorrências, subsidiando a área de planejamento operacional da corporação.

Mapa de risco da Covid-19: estado fica em bandeira verde pela primeira vez desde o início da série histórica

A 58ª edição do Mapa de Risco da Covid-19, divulgada nesta sexta-feira (26.11) pela Secretaria de Estado de Saúde (SES), mostra o estado com classificação geral em bandeira verde, de risco muito baixo para transmissão da Covid-19, pela primeira vez. O levantamento também indica uma queda de 33% no número de casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e de 46% nos óbitos provocados pela doença. A análise compara as semanas epidemiológicas 45 (de 07 de novembro a 13 de novembro) e 43 (de 24 de outubro a 30 de outubro).

Mapa de risco da Covid-19: estado fica em bandeira verde pela primeira vez desde o início da série histórica

– A Região Metropolitana I, que abrange a capital e a Baixada Fluminense, Metropolitana ll e Serrana apresentam indicadores epidemiológicos e assistenciais muito baixos e contribuíram para que a classificação final do estado fosse verde. Voltamos ao melhor patamar desde o início da divulgação do mapa, mas, apesar da evolução, é preciso que a população retorne aos postos para receber a segunda dose, a dose de reforço ou adicional – analisa o secretário de Estado de Saúde, Alexandre Chieppe.

As regiões Norte, Noroeste, Centro-Sul, Baixada Litorânea, Médio Paraíba e Baía da Ilha Grande ficaram em bandeira amarela, de risco baixo. Com o avanço da campanha de imunização e a diminuição de transmissão da doença, a taxa de ocupação segue em queda sustentável. A de UTI está em 13%, e a de enfermaria, em 9%, as menores desde o início da pandemia. Todas as regiões de Saúde apresentaram taxas inferiores a 50%. Por isso, leitos que antes eram apenas destinados ao tratamento de pacientes com Covid-19 foram revertidos para outras especialidades.

No estudo da SES, cada bandeira representa um nível de risco e um conjunto de recomendações de isolamento social, que variam entre as cores roxa (risco muito alto), vermelha (risco alto), laranja (risco moderado), amarela (risco baixo) e verde (risco muito baixo). Os resultados apurados para os indicadores apresentados devem auxiliar a tomada de decisão, além de informar a necessidade de adoção de medidas restritivas, conforme o nível de risco de cada localidade.

De acordo com o Painel de Monitoramento da Covid-19 do Estado do Rio de Janeiro, entre o Norte e Noroeste Fluminense, Macaé é o único município que saiu da bandeira amarela para a bandeira laranja.

Mulher é detida em Itaocara conduzindo moto com alteração na placa e numeração do chassi e motor suprimida

De acordo com a Seção de Comunicação Social do 36°BPM, nesta sexta-feira 26 de novembro Policiais Militares quando em Operação ¨Fecha Quartel¨, abordaram uma mulher de 27 anos conduzindo uma Honda Fan de cor preta na rua São José no Centro de Itaocara.

Ao realizarem consulta foi constatado que a placa do veículo apresentava alterações, sendo o nome do município diferente ao da placa, ainda foi constatado que a numeração do chassi e do motor estavam suprimida.

Diante dos fatos o caso seguiu para a 135ª DP de Itaocara, onde foram tomadas as medidas cabíveis, a mulher foi autuada no artigo 311 do CP e o veículo ficou apreendido.

Forte chuva provoca alagamentos e queda de energia em Santo Antônio de Pádua

Por mais uma vez ruas ficaram alagadas no município de Santo Antônio de Pádua, uma forte chuva atingiu o município na noite desta sexta-feira 26 de novembro, a chuva durou pouco tempo, porém sua intensidade causou transtornos.

CLIQUE AQUI E ASSISTA OS VÍDEOS:

De acordo com relatos de moradores, ruas como no bairro Cidade Nova, Gerador, Dezessete e no Centro do Município voltaram a ficar alagadas e causar transtornos.

Na sexta-feira passada 19 de novembro, o município passou por uma situação semelhante onde foi registrado cerca de 40mm em uma hora, ruas ficaram inundadas, casas foram invadidas pelas águas e até deslizamento de terra foi registrado município.

Desta vez além das ruas alagadas moradores relataram queda de energia em vários bairros, ¨gente aqui está sem luz,  aqui vai e volta, já não bastava as ruas alagadas e agora ter que ficar sem luz¨, relataram alguns munícipes nas redes sociais.

Na manhã desta sexta-feira (26) o Instituto Nacional de Meteorologia e o CEMADEN alertaram sobre chuvas intensas na região, que poderiam chegar a 50mm/dia, ventos intensos de até 60km/h.

As estações do CEMADEN que ficam instaladas no Centro do município e no bairro Dezessete registraram entre 37 e 38mm de chuva.