Campanha do Detran conscientiza cidadão a não faltar atendimento agendado

Por meio de uma campanha bem-humorada nas redes sociais, o Detran.RJ pede aos usuários com serviços agendados nos postos do órgão que não deixem de comparecer às unidades nas datas marcadas, ou que desmarquem o atendimento, pelo site ou pelo teleatendimento, em caso de imprevistos. 

Um dos cards para as redes sociais do departamento vai brincar com a imagem de um furão – animal fofo, extrovertido e cheio de energia -, que será usado em uma das artes da campanha, juntamente com a frase “Não seja furão”.  Em outro post, a mensagem será “Não dê bolo”, também em alusão a quem falta ao atendimento. 

Para os serviços de identificação civil, especialmente, o percentual de faltas em junho foi muito alto: 43% dos usuários que agendaram serviços de emissão de carteiras de identidade não compareceram aos postos e não comunicaram ausência, ocupando vagas que poderiam ter sido usadas por outras pessoas que precisam do serviço. 

– Queremos conscientizar o nosso usuário de que, quando ele agenda o atendimento e não comparece, está tirando a vez de outra pessoa que precisa ser atendida. Comparecer ao posto no dia e hora marcados, ou comunicar a desistência, são também exercícios de cidadania – afirma o presidente do Detran.RJ, Adolfo Konder.


Poupa Tempo: 40% de faltas 

De acordo com o levantamento da Diretoria de Identificação Civil, a média de comparecimento é baixa em muitos postos do estado. Nas três agências do Rio Poupa Tempo (Bangu, São João de Meriti e Caxias), em junho, apenas 56% dos usuários agendados foram atendidos. Em média, 40% não apareceram. E, os 4% restantes, não levaram os documentos necessários.
 

Em números absolutos, como as três unidades do Rio Poupa Tempo agendam cerca de 3.900 atendimentos por dia, é possível afirmar que, em junho, cerca de 1.700 pessoas deixaram de comparecer aos postos todos os dias, ou 34 mil pessoas durante todo o mês. 

Levando-se em conta todos os postos de identificação civil do estado, é possível afirmar que, em junho último, mais de 75 mil atendimentos deixaram de ser realizados porque os usuários fizeram o agendamento dos serviços e não compareceram – ou seja, 43% do total.  

Postos importantes que registraram alto percentual de não comparecimento: Nova Iguaçu (58% de faltosos); Campo Grande (57%); São João de Meriti (57%), Belford Roxo (52%), e Shopping Boulevard (52%). 

No interior do estado, o problema também se repetiu em Aperibé (78% de faltas), Porciúncula (64%), São Pedro da Aldeia (59%), Carmo (59%), Duas Barras (57%), Paraíba do Sul (56%), Piraí (54%), Maricá (53%), Areal (52%), Rio Bonito (52%), entre outros. 

Habilitação e Veículos 

Nos demais serviços oferecidos pelo Detran, o percentual de faltas é menor, mas também importante, principalmente quando consideramos que a demanda por atendimentos está represada, em função da pandemia da Covid-19. 

Para os serviços de veículos, dos 153,3 mil usuários agendados em maio, 21,6 mil faltaram no dia marcado – o que representa quase 15% do total. Nos serviços de habilitação, o que mais chama a atenção é que das 182,2 mil vagas oferecidas para agendamento, em maio, apenas 137,6 mil foram preenchidas pelos usuários. E 44,5 mil não foram utilizadas (ficaram sem agendamento), embora estejamos em um período de alta demanda. Dos 137,6 mil que agendaram, apenas cerca de 3.500 (menos de 3%) faltaram no dia marcado. 

Para desmarcar ou remarcar algum serviço no Detran.RJ 

O cidadão que não puder comparecer no dia marcado pode cancelar o agendamento no próprio site do Detran ou pelo teleatendimento (21 3460-4040, 3460-4041 e 3460-4042). Com isso, dará oportunidade a alguém que está precisando com mais urgência.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *