Caso Moises: Mãe de criança de 12 anos é presa em Miracema suspeita de envolvimento nos abusos sexuais

Com trabalho intenso nas investigações, a Polícia Civil identificou uma outra vítima de Moises de 44 anos que segue foragido da justiça.

De acordo com as investigações essa criança de 12 anos teria sido levada por Moises para um Motel na Cidade de Miracema, e também sofreu abuso sexual.

Em nota enviada para a imprensa a Polícia Civis informa que a investigação aponta que a vítima teria sido levada para o motel por Moises e pela sua própria mãe, sendo que a mãe da vítima recebeu dinheiro de Moisés, neste mesmo dia após praticar atos libidinosos com a criança, Moises também teve relações sexuais com a mãe da criança.

Após depoimento da vítima os Policiais Civis da 137ª DP de Miracema coordenados pelo Delegado Gesner César Bruno seguiram até o local onde o crime teria acontecido e recolheu diversas provas que comprovaram o depoimento da vítima.

Em atendimento a representação do Delegado Gesner César Bruno, o Juízo da Vara  da Violência Doméstica e familiar contra a mulher da comarca de Miracema decretou a prisão preventiva  de Moises Alves de Matos que já se encontra foragido por força de mandado de prisão temporária e também decretou a prisão da mãe da vítima.

De imediato Policiais Civis  da 137ª DP de Miracema e com apoio do 36 BPM realizou e continuou realizando diversas diligências para cumprir ambos os mandados, sendo que na data de 27/08/2021 foi cumprido pela equipe da 137 DP- Miracema com apoio do 36 BPM o mandado de prisão preventiva expedido em face da genitora da vítima.

Consta também que a genitora da vítima realizou chamada de vídeo para Moisés, no qual exibia a vítima nua enquanto Moises se masturbava.

Consta ainda, segundo relato da vítima, que por diversas vezes a genitora da vítima fez vídeos e tirou fotos da filha nua e as enviou a Moisés.

Com vistas a se esquivar da responsabilidade penal, a genitora da vítima proibia a filha de contar tais acontecimentos para alguém dizendo que, “se esta o fizesse, a deixaria roxa e que se descobrisse alguma denuncia, mandaria os meninos do morro matarem seus avós, os quais são muito próximos”

Relembre o caso:

Moisés Alves de Matos de 44 anos está sendo procurado pela Justiça pelo crime de estupro de vulnerável.

Moises teve a prisão decretada pela Juíza de Plantão da comarca da Capital do Estado do Rio de Janeiro, em atendimento a representação do Delegado Titular da 137ªDP de Miracema, o Doutor Gesner César Bruno.

De acordo com a Polícia Civil, na última sexta-feira 06 de agosto entre 20 e 21 horas, Moises teria oferecido dinheiro para duas crianças, uma menina de 11 anos de idade e um  menino de 08 anos de idade para manter relações sexuais com ele.

Moises levou as crianças para um motel no município de Miracema, sendo que o mesmo mandou as crianças abaixarem no banco para que não fossem vistos.

Ainda em relato da Policia Civil, o acusado mandou o menino de 08 anos filmar o fato em seu celular, onde a criança postou um pequeno vídeo em no perfil do instagram do acusado, o mesmo rapidamente apagou, mas populares já haviam baixado o vídeo que circulou nas redes sociais do município e região.

Os Policiais Civis da 137ªDP juntamente com os Policiais Militares do 36°BPM, seguiram até o referido motel onde solicitaram as imagens das câmeras de segurança que confirmaram que o acusado esteve no motel, no quarto do motel os policiais realizaram fotos para compararem com as imagens do vídeo do crime, que foi confirmado a comparação, as vítimas estiveram no local com os policiais e foram as próprias que indicaram o quarto aos policiais.

Os policiais estiveram na casa do acusado para cumprimento de mandado, mas o mesmo não foi encontrado, um computador foi apreendido e será periciado.

As investigações apontam que não foi um fato isolado, as mesmas crianças já vinham sendo vítimas do acusado em outras ocasiões.

¨A Policia agradece aos populares que baixaram o vídeo e apresentaram a polícia, atitude legitima e de cooperação com a polícia, mas agora que o vídeo já está nas mãos da polícia ninguém pode guardar esse vídeo, sob pena de estar cometendo crime, a Policia pede que todos apaguem esse vídeo e não mais compartilhem, sendo legitimo apenas o compartilhamento para a polícia.¨ Informa a Polícia Civil

No dia 09 de agosto, Policiais Civis da 137ªDP juntamente com Policiais Civis da 143ªDP de Itaperuna, diligenciaram buscas pelo acusado em Itaperuna, seguindo informações anônimas, mas não obtiveram sucesso nas buscas.

A polícia informa que tem recebido diversas informações de essas crianças não são vítimas isoladas do acusado, portando solicita aos pais e responsáveis que em caso de suspeita , por mínima que seja,  procurar a 137ªDP em Miracema, a Policia ressalta que a intimidade dos pais e das crianças serão preservada.

A Polícia Civil pede para quem tiver informações sobre o paradeiro do mesmo entra em contato pelo telefone: 22 3852-1977

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *