Arquivo da categoria: NOTÍCIAS

Vídeo: Operação policial prende quatro indivíduos um deles apontado como autor do homicídio contra mulher em São Francisco de Itabapoana

Nas primeiras horas da manhã desta terça-feira Policiais Civis da 147ª DP e Policiais Militares da 3ª CIA do 8°BPM saíram as ruas para cumprir de mandados de buscas e apreensão e prisão no município de São Francisco de Itabapoana.

Na Ilha dos Mineiros três pessoas foram apreendidas sendo duas mulheres de 19 e 20 anos e um homem de 23 anos, neste endereço foram apreendidos 31 pinos de cocaína, R$15,00 em espécie e 03 aparelhos celulares.

Ao serem questionados a mulher de 20 anos assumiu a propriedade das drogas e que os três fazem parte da facção criminosa TCP, e disse ainda que comercializam drogas naquele local e que pegou essa carga no domingo para vender a R$10,00 cada unidade.

Em um outro ponto na Ilha dos Mineiros foram apreendidos duas câmeras de monitoramento, uma central de monitoramento, 02 sacolas cheias com fios de cobre, 01 espada e no terreno ao lado foram encontrados 70 pinos de cocaína e 10 buchas de maconha.

Os três indivíduos acima foram presos em flagrante durante a operação.

Em um terceiro endereço na localidade de Pingo D`água foi cumprido contra um indivíduo de 23 anos um mandado de prisão por homicídio, o mesmo é apontado como um dos autores do homicídio cometido contra uma mulher no dia 09 de setembro deste ano.

O caso segue em andamento na 147ª DP de São Francisco de Itabapoana.

Aposta feita em Campos dos Goytacazes fatura mais de R$1,7 milhão na Lotofácil

Em sorteio realizado na noite desta segunda-feira 27 de setembro, duas apostas dividiram o prêmio da Lotofácil, uma das apostas ganhadoras acertando as 15 dezenas foi feita em Campos dos Goytacazes no Norte Fluminense que faturou uma bolada de R$ 1.739.664,68,a outra aposta vencedora foi feita em Fortaleza no Ceará.

Os números sorteados no concurso 2333 foram 01.04.06.07.08.09.10.11.13.15.17.18.19.20.23.

A estimativa de prêmio para está terça-feira 28 de setembro é de R$ 1.500.000,00.

Dois jovens são mortos a tiros dentro de residência em Batelão, São Francisco de Itabapoana

Um cachorro que estava no quintal também foi morto pelos criminosos

Na madrugada desta terça-feira 28 de setembro, dois jovens foram mortos a tiros dentro de uma residência na localidade de Batelão no município de São Francisco de Itabapoana no Norte Fluminense.

As vítimas identificadas como João Victorino de Carvalho de 23 anos e Wellen de Souza Carvalho de 27 anos, foram mortos a tiros dentro de casa, de acordo com a PM as vítimas foram encontradas dentro de um quarto, o resgate municipal foi acionado mas os jovens já estavam sem vida.

De acordo com testemunhas dois indivíduos encapuzados entraram na residência quebrando a porta e executando as vítimas.

Até o momento os autores dos disparos não foram identificados pela Polícia que segue as buscas.

De acordo com a Polícia as vítimas eram primos, no local do crime também foi encontrado um cão da raça Rottweiler morto a tiros no quintal.

O caso foi registrado na 147ª DP que investigará o caso.

Vacina Covid-19: Fiocruz conclui produção dos primeiros lotes do IFA nacional

A Fiocruz, por meio de seu Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos (Bio-Manguinhos), concluiu, nesta segunda-feira (27/9), a produção dos primeiros lotes chamados lotes de pré-validação do Ingrediente Farmacêutico Ativo (IFA) nacional da vacina Covid-19. O insumo passará agora por testes de controle de qualidade na instituição para, em seguida, ser encaminhado para a etapa de processamento final do imunizante. O primeiro lote de pré-validação, finalizado anteriormente no início de setembro, também está em análise.

Os dois lotes de pré-validação servem para demonstrar que o processo funciona conforme o esperado e eventualmente para detectar a necessidade de adequação nos documentos e processos. Ambos foram produzidos em condições de Boas Práticas de Fabricação (BPF), com todos os procedimentos, protocolos de produção e de validação já aprovados. 

Outros dois lotes, de uma segunda etapa para a fabricação do IFA nacional para validação do insumo produzido no Brasil, estão em produção: um na fase de biorreação, quando as células são infectadas pelo vírus para que o mesmo se multiplique, e o outro na etapa de expansão celular, quando as células são multiplicadas em meios de cultivo. Está prevista também a produção de um terceiro lote de validação do insumo, de acordo com os requisitos regulatórios necessários para o peticionamento do registro. 

Em paralelo, os lotes seguem por testes de comparabilidade junto à AstraZeneca, de modo confirmar que os resultados obtidos por Bio-Manguinhos/Fiocruz estão de acordo com aqueles preconizados pelo transferidor da tecnologia. A partir disso serão submetidas à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) as documentações necessárias à alteração do local de fabricação do IFA no registro da vacina, requisito para a entrega das doses nacionalizadas ao PNI.

A Fiocruz trabalha com cenário conservador para as etapas de produção, controle de qualidade e registro para o fornecimento da vacina Covid-19 com o IFA nacional. A previsão é de que as entregas comecem a ser realizadas ainda no último trimestre de 2021.

Rio é destaque na produção de cachaça com 404 marcas

A produção de cachaça é uma atividade promissora no estado: o Rio de Janeiro tem 404 marcas registradas, sendo o terceiro no ranking nacional. As perspectivas deste negócio mobilizaram entidades do setor no encontro virtual promovido pelo Fórum da Alerj de Desenvolvimento Econômico, nesta segunda-feira (27/09). De acordo com o presidente do Sindicato Intermunicipal da Indústria de Bebidas em Geral do Rio de Janeiro (Sindbebi), Marcus Rumen,já são 64 estabelecimentos produtores de bebida registrados.

“O Rio tem tradição na produção de destilados, como a cachaça, e fermentados, como a cerveja. Estima-se que estas indústrias gerem 15 mil empregos diretos e indiretos. Todas as grandes marcas de cervejas nacionais estão no Rio de Janeiro, que possui um mercado consumidor muito favorável ao consumo de bebidas em geral, pela praia, pelo carnaval, e pelos grandes eventos. É um estado formador de opinião, propício à construção de marcas”, declarou.

Vice-presidente da Associação de Produtores e Amigos da Cachaça do Estado do Rio de Janeiro (Apacerj), Katia Alves, destacou a qualidade das cachaças produzidas no estado e apontou caminhos para o fortalecimento do setor. Ela informou que, com a pandemia, as exportações caíram em 2020, com o estado caindo do segundo lugar para o terceiro no ranking.

“Nossas cachaças são notabilizadas pela qualidade, atestadas em premiações no Brasil e no exterior. Estamos entre os melhores destilados do mundo, competindo com vodcas, conhaques etc. O produto é demandado por mercados muito exigentes, como os Estados Unidos e o Japão. Os próximos passos devem ser no sentido do fortalecimento conceitual sobre a bebida e trabalhar com outros setores correlatos. No Turismo, questão a ser vencida é a infraestrutura em estradas e comunicação”, descreveu.

Especialista técnico de Educação da Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan), José Gonçalves Antunes, acredita que a aposta a ser feita é, de fato, na qualidade dos produtos. “É um mercado que, muitas vezes, pessoas de outros estados exploram melhor que nós. Temos que virar referência, especialmente nos mercados premium e superpremium, que possui maior rentabilidade, inclusive pelo potencial de consumo que temos no estado. Isso fará o segmento crescer”, sugeriu.

Secretária-geral do Fórum, Geiza Rocha, destacou que esta é uma indústria que se destaca também pelo rigor na garantia da qualidade dos produtos: “É interessante como cada ator pode, no desenvolvimento de sua atividade, contribuir para o setor como um todo. A proposta do Fórum é promover esse debate, buscando um caminho conjunto pelo olhar do setor”.

Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil