COM 39 VOTOS A FAVOR E 25 CONTRA ALERJ VOTA PELA SOLTURA DE DEPUTADOS PRESOS NA LAVA JATO

Com 39 votos a favor e 25 votos contra ,a Alerj aprovou nesta terça-feira (22/10) pela soltura de deputados que foram presos na operação Furnas.

Numa sessão extraordinária tensa, com manifestações do público nas galerias, os deputados votaram depois de, na segunda-feira, a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Casa ter costurado um acordo para a soltura.

Em troca da liberdade, foram postas as condições de que os parlamentares abram mão de seus mandatos, não ocupem os gabinetes na Alerj e não recebam salários. Para magistrados, no entanto, as condições não têm sustentação jurídica.

Os deputados estaduais que serão beneficiados pela votação são : André Corrêa (DEM), Luiz Martins (PDT), Marcos Vinicius Neskau (PTB), Chiquinho da Mangueira (PSC) – em prisão domiciliar – e Marcos Abrahão (Avante), presos na Operação Furna da Onça, em novembro do ano passado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *