Covid-19: Campos se prepara para vacinar população de rua e privada de liberdade

A Subsecretaria de Atenção Básica informa que continua seguindo fielmente o processo de vacinação em Campos, no que tange ao cumprimento do Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação.

A Prefeitura de Campos está montando estratégias para vacinar as pessoas em situação de rua e privadas de liberdade contra a Covid-19. Na próxima segunda-feira (24), às 9h, haverá uma reunião entre o secretário de Desenvolvimento Humano e Social, Rodrigo Carvalho, e a coordenadora do Programa “Consultório na Rua”, Jacinta de Aguiar Medeiros, para tratar da imunização da população em situação de rua.  O encontro será no Departamento de Atenção Básica, na Secretaria de Saúde.

Já para a vacinação dos privados de liberdade em Campos, que hoje gira em torno de 2.977 pessoas, o subsecretário de Atenção Básica, Vigilância e Promoção da Saúde (SUBPAV), Charbell Kury, disse que foi enviado ofício, via e-mail, para a coordenadora de saúde da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (SEAP), Júlia Piffer, para falar da disposição do município em vacinar esses indivíduos. “Como é um procedimento logístico complexo, precisamos aguardar a SEAP se pronunciar para iniciarmos a vacinação”, ressaltou Charbell. 

POPULAÇÃO EM SITUAÇÃO DE RUA – Jacinta disse que vai propor ao secretário Rodrigo Carvalho que a vacinação da população em situação de rua comece pelas quatro instituições de acolhimento mantidas pela prefeitura. São elas: Abrigo Francisco de Assis, no Centro; Lar Cidadão, no Parque Aurora; Casa de Passagem, no Centro; e Hospital de Apoio Manoel Cartucho, também no Centro. Cada uma dessas unidades atende entre 15 e 50 pessoas em situação de rua.

Para alcançar os demais, Jacinta afirmou que a ideia é usar a estrutura e a equipe de profissionais do Centro Pop, que faz abordagens diárias a essas pessoas. “É através do Centro Pop que esses indivíduos chegam aos abrigos”, informou a coordenadora do “Consultório de Rua”. 

O último levantamento feito pela Secretaria de Desenvolvimento Humano, em maio de 2019, apontou que havia no município 131 pessoas em situação de rua, mas Jacinta acredita que esse número aumentou, devido à pandemia e à crise econômica. “Acho que hoje deve girar em torno de 200 pessoas”. 


Charbell acrescentou que a SUBPAV continua seguindo fielmente o processo de vacinação em Campos, no que tange ao cumprimento do Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19, publicado em 22 de janeiro deste ano, que informa sobre os grupos prioritários a serem alcançados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *