Em súmula, árbitro relata que expulsou Gabigol por reclamação

A Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj) divulgou na tarde desta segunda-feira a súmula da vitória do Flamengo por 2 a 1 sobre o Fluminense, no domingo, pelo primeiro jogo da final do Campeonato Carioca. Nela, o árbitro Wagner do Nascimento Magalhães explica o motivo da expulsão de Gabigol já nos minutos finais.

Segundo o juiz, o camisa 9 rubro-negro foi expulso por reclamação. Gabigol demorou 18 segundos entre o momento em que o quarto árbitro levantou a placa para entrada de Léo Pereira e o segundo amarelo:

 Aos 45 + 2 do segundo tempo, expulsei o senhor Gabriel Barbosa Almeida por uma segunda advertência por reclamação. Quando perguntei ao quinto árbitro, senhor Carlos Henrique Cardoso de Souza, quem iria sair. Nesse momento, o mesmo (Gabriel) falou: “Sou eu que vou sair, porra”. Em voz alta, o fato ocorreu no meio do campo – relatou Wagner Magalhães no documento.

Expulso, o atacante terá que cumprir suspensão e portanto está fora da segunda partida, nesta quarta-feira, às 21h, no Maracanã. Com oito gols, Gabriel é o artilheiro do Carioca com oito gols, empatado com João Carlos, do Volta Redonda. Nenê e Bruno Henrique, com seis, Pedro e Evanílson, com cinco, seguem na disputa.

Depois da partida, Gabigol usou as redes sociais para externar sua insatisfação com a expulsão. “Desrespeito com seu trabalho, com sua equipe e com a sua família”, escreveu ele.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *