Família sofre ao saber que jovem encontrado morto em Miracema pode ser enterrado como indigente

Na manhã desta quinta-feira 1° de julho foi encontrado um corpo com marcas de perfurações e queimaduras, as margens da RJ-200 que liga os município de Miracema  e Palma MG.

O jovem identificado como Kauê da Silva Timóteo Pacheco de 17 anos foi identificado pela mãe ainda nesta quinta-feira, no Instituto Médico Legal (IML) de Pádua.

Em contato com nossa redação a mãe de Kauê informou que em dialogo com a legista conseguiu identificar o jovem por uma cicatriz que o mesmo tem na perna, a mãe disse que não foi autorizada e ver o corpo.

Ainda de acordo com a mãe, a informaram que será necessário aguardar 72 horas para que seja feito o exame de DNA, sendo que o resultado não é de imediato, o corpo será liberado, porém será enterrado como indigente.

Por ter tido parte do corpo queimada não foi possível confirmar a identidade do jovem através da digital, por isso será necessário um exame de DNA.

¨O senhor sabe, que uma mãe conhece o filho de qualquer jeito, pode está queimado, perfeito, mas a mãe conhece, eu sinto é ele, meu coração não está errado, é ele sim e isso não pode acontecer, ele tem família.¨- disse a mãe do Kauê.

Por está funcionando em escala de plantão com Campos e Itaperuna o exame só poderá ser feito na segunda-feira.

Familiares estão desesperados e revoltados em saber que o jovem pode ser enterrado como indigente.

Nossa redação tentou contato com o IML de Pádua, mas não obteve sucesso no contato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *