Foi realizado em Pádua audiência pública sobre privatização do Eixo do Noroeste

Integrantes da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Energia e Relações Internacionais, Secretaria de Estado de Transportes e Fundação Departamento de Estradas de Rodagem, estiveram presentes na audiência pública na Câmara Municipal de Santo Antônio de Pádua, nessa quinta-feira 09/01.

Foi apresentado pelo sub-secretario de Estado de Desenvolvimento Econômico, Gilmar Viana, os estudos feitos em questão de melhorias do programa ¨PELC¨ PLANO ESTRATÉGICO DE LOGÍSTICA E CARGAS, o plano foi feito através de reuniões feitas com a região em Itaperuna no ano de 2014, segundo o secretário não saiu da noite pro dia esse plano.

No Estado do Rio de Janeiro só existe duas estradas com concessão, a RJ-116 com 140,4KM e a Via Lagos com 55KM de extensão, tendo ao total 195,4KM de estradas sob concessão, sendo 7,7% das rodovias estaduais pavimentadas, já com o novo plano de concessão do Lote 01 que inclui, RJ-122 com 35,2KM de extensão, RJ-158 com 7KM de extensão, RJ-160 com 51,6KM de extensão, RJ-186 com 102,7KM de extensão, no Noroeste Fluminense, inclui também o Porto do Açu com a RJ-224 com 43KM de extensão, totalizando 239,5KM de extensão 9,4% das rodovias estaduais pavimentadas.

Já no Lote 02 onde terá participação do BNDS serão mais 517,1KM de rodovias privatizadas, incluindo o Sul Fluminense (211KM), Litoral Norte (253KM), Transbaixada (14,2KM), Via Light (18KM), Linha Vermelha (21KM), com 20,4% das rodovias pavimentadas do estado, a expectativa é chegar ao ano de 2022 com 952KM de rodovias concedidas 37,5% das rodovias pavimentadas do estado.

FOTO: JORNAL NA BOCA DO POVO

No mapa acima sinalizado com a cor preta são as rodovias federais como a BR-166, BR-040, BR-393 e BR-101, sinalizados com a cor verde vemos as rodovias concedias do Estado do Rio de Janeiro que são as RJ-116 e RJ-124, já na imagem abaixo vemos as rodovias que vão passar a ser sob concessão, assim como o sub- secretario disse ¨a RJ-186 não é uma RJ, qualquer, é uma rodovia que liga o Estado do Espirito Santo à Minas Gerais, passando pelo Rio de Janeiro e ainda passando pela malha Federal, ai o valor estratégico da RJ-186¨.

FOTO: JORNAL NA BOCA DO POVO

Os benefícios para o Estado com a implantação do projeto são:


* Recuperação das estradas e manutenção constante ao longo do contrato
* Melhoria dos serviços públicos prestados
* Estimulo ao investimento na região, com redução de custos logísticos e de tempo de viagem
* Aumento das oportunidades locais e geração de emprego e renda
* Redução de acidentes nas estradas
* Melhor gestão do gasto público, com folga orçamentaria

FOTO: JORNAL NA BOCA DO POVO

A empresa Dynatest foi a responsável por desenvolver o estudo das rodovias, onde o José Américo, onde apresentou os estudos feitos, como são feitos os testes no solo, ao redor das rodovias, estruturas de pontes, entre outros estudos feitos para avaliar a rodovia para concessão.

FOTO: JORNAL NA BOCA DO POVO

Os estudos iniciaram em setembro de 2018, em agosto de 2019 foi entregue todo o estudo feito e em março de 2020 será feita a revisão do estudo ao parecer jurídico.

O estudo é feito da seguinte forma, ESTUDO DO TRÁFEGO, ESTUDO DE CAPACIDADE, AVALIAÇÃO DO TRAÇADO. ESTUDO DA LOCALIZAÇÃO DA PRAÇA DE PEDÁGIO E AVALIAÇÃO DA INFRAESTRUTURA.

FOTO: JORNAL NA BOCA DO POVO

Funcionara da seguinte forma a concessão da rodovia, de imediato será realizado as melhorias, em um ano já terá que está tudo pronto inclusive a praça de pedágio, e a concessão terá validade de 25 anos, como mostra a imagem acima.

Além disso a equipe do Governo do Estado apresentou a estrutura que a rodovia terá, serão monitoramentos 24h por dia, guinchos leves e pesados, ambulâncias e entre outros meios de vigilância e segurança da pista, foi apresentado também a condição atual da rodovia especificamente da RJ-186, já que a audiência era em Pádua, serão realizadas obras de uma faixa adicional, acostamento em todo o trajeto, pontes restauradas, e pontos de ônibus.

FOTO: JORNAL NA BOCA DO POVO

Serão instalados pedágios em Bom Jesus do Itabapoana , em Santo Antônio de Pádua, Cantagalo e Guapimirim.

A praça de pedágio em Santo Antônio de Pádua será instalada no KM 11 próximo a Marangatu, onde gerou alguns questionamento dos que estavam presentes em relação as pedreiras e pessoas que trabalham em Pirapetinga MG, ou de quem mora em Pirapetinga MG e trabalha em Pádua, sendo que foi apresentado uma pré taxa ainda não definida de R$ 4.41, foi informado pela equipe do Governo do Estado que moradores são isentos que existe uma lei pra isso e será discutido na próxima audiência.

FOTO: JORNAL NA BOCA DO POVO

Devido ao questionamento dos presentes na audiência e a pedido dos vereadores presentes como Pedro Cortes, Vanderleia Marques e Wilson Brizola, será marcado outras audiências publicas onde será feita uma divulgação melhor para que compareça o maior número de populares.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *