Homem é preso em Pádua pela Operação Resguardo, mais de 130 pessoas foram presas no Estado

Policiais civis de todo o Brasil iniciaram nessa segunda-feira 08 de março, Dia Internacional da Mulher, a Operação Resguardo, contra agressores de mulheres.

O Departamento-Geral de Polícia de Atendimento à Mulher (DGPAM) da Sepol participou da maior ação de combate a crimes de violência contra a mulher do Brasil. A iniciativa é coordenada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública, por meio da Secretaria de Operações Integradas (Seopi/MJSP), e foi realizada nos 26 estados do país e no Distrito Federal. No Rio de Janeiro, foram cumpridas medidas cautelares e protetivas. Ao todo, os policiais civis prenderam 136 pessoas.

A ação integrada teve início no dia 1º de janeiro de 2021 em todo o Brasil. Desde então, a Polícia Civil do Rio de Janeiro apurou cerca de 31 mil denúncias, que culminaram com a instauração de 7.327 inquéritos policiais, 212 mandados de prisão, 353 cumprimentos de mandados judiciais e a prisão de 1.367 agressores. Mais de 36 mil mulheres vítimas de violência foram atendidas nas delegacias do Estado.

Em Santo Antônio de Pádua um homem foi preso em cumprimento de mandado de prisão preventiva por Tentativa de Homicídio Qualificado contra a ex-companheira.

De acordo com a 136° Delegacia de Polícia de Santo Antônio de Pádua, em cumprimento da Operação Resguardo às 8 horas e 30 minutos da manha de segunda-feira 08/03, os policiais civis em ação coordenada pelo Delegado Titular Dr. Mario César Monnerat Vianna, procederam até a localidade de São Pedro de Alcântara para cumprir o mandado de prisão preventiva contra um indivíduo, pelo crime de tentativa de homicídio contra sua ex-companheira.

A 136° Delegacia de Polícia solicita a colaboração de todos para tornarmos Santo Antônio de Pádua uma cidade mais segura, as denúncias podem ser feitas através do WhatsApp: (22) 98831-8034

O SIGILO É GARANTIDO

POLICIA CIVIL EM DEFESA DE QUEM PRECISAR

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *