Mapa de Risco da Covid-19: cinco regiões do estado avançam para a bandeira amarela

 A 15ª edição do Mapa de Risco da Covid-19 mostra uma melhora na situação da pandemia no Estado do Rio. As regiões da Baía da Ilha Grande, Baixada Litorânea, Médio Paraíba, Noroeste e Norte são as que tiveram os melhores resultados: saem da bandeira laranja (moderado) para a amarela (baixo risco). Já as regiões Centro Sul, Metropolitana II (de Niterói, São Gonçalo e municípios vizinhos) e Serrana se mantêm na bandeira amarela. Outra evolução nesta edição é a Região Metropolitana l, que sai da bandeira vermelha direto para a laranja.

No geral, o estado do Rio evoluiu da bandeira laranja para a bandeira amarela. A análise compara a semana epidemiológica 2 de 2021 (de 10 de janeiro a 16 de janeiro) com a 53 de 2020 (27 de dezembro de 2020 a 2 de janeiro de 2021). 

Cada bandeira representa um nível de risco e um conjunto de recomendações de isolamento social, que variam entre as cores roxa (risco muito alto), vermelha (risco alto), laranja (risco moderado), amarela (risco baixo) e verde (risco muito baixo). 

O Rio de Janeiro apresenta uma redução do número de óbitos (-76%) e de casos de internações por SRAG (-50%) no período analisado. As taxas de ocupação de leitos no ERJ também reduziram, apresentando na última data disponibilizada 61% para leitos de UTI e 51% para leitos de enfermaria. Os resultados dos indicadores devem auxiliar na tomada de decisão, além de informar a necessidade de adoção de medidas restritivas conforme o nível de risco de cada região.

Enfrentamento à Covid-19 – A SES recebeu do Ministério da Saúde (MS), até esta sexta-feira (29/01), 758.120 mil doses da vacina contra a Covid-19, sendo 573.120 mil da CorovaVac e 185 mil da Oxford/AstraZeneca.  Mais de 420 mil doses, para a primeira aplicação da vacinação, já foram enviadas aos 92 municípios, seguindo o grupo prioritário definido pelo Programa Nacional de Imunizações (PNI).  Na próxima semana, será realizada mais uma remessa de Coronavac às secretarias municipais para aplicação da segunda dose.

Até as 18h desta quinta-feira (28/01), 89 municípios registraram 157.075 pessoas imunizadas contra a Covid-19 no Estado do Rio de Janeiro. O balanço foi realizado por meio de busca ativa, a partir da gerência de Imunização da Vigilância Epidemiológica da Subsecretaria de Vigilância em Saúde, junto às coordenações e às gerências de Imunização dos 92 municípios do estado. Segue anexa a planilha detalhada com as informações.

Decreto Saúde e Educação feito pelas secretarias de Educação e de Saúde, torna escola serviço essencial – Nesta terça-feira (26/01), o Diário Oficial publicou as diretrizes para a retomada segura das aulas presenciais de alunos, professores e funcionários no Estado do Rio de Janeiro. A resolução conjunta das secretarias de Educação e de Saúde estabelece normas para as unidades escolares estaduais e orienta as redes municipais e privadas, vinculadas à Seeduc-RJ, para que, em casos de bandeiras roxa ou vermelha no município, não haja ensino presencial. Nos casos de bandeiras de risco laranja, amarela e verde, foram estabelecidos quantitativos máximos de atendimento presencial, levando em consideração a capacidade da unidade escolar.

A resolução regulamenta o decreto 47.454, publicado em edição extra do D.O de quinta-feira (21/01), que incluiu as escolas no grupo de serviço essencial, enquanto durarem as medidas restritivas contra a Covid-19. Para tanto, o mapa de risco passará a ser divulgado semanalmente todas as sextas-feiras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *