Menino de 8 anos, vítima grave da COVID-19 no Noroeste Fluminense é transferido para o Rio de Janeiro

Uma ação integrada entre o Corpo de Bombeiros e a Marinha do Brasil permitiu a bem-sucedida transferência médica de uma criança de 8 anos de idade de São José de Ubá, vítima grave da Covid-19, do noroeste fluminense para a capital, neste domingo (06.12).

A secretaria de saúde de São José de Ubá publicou uma nota.

O menor MMS diagnosticado com Covid-19 e Pneumonia foi direcionado para atendimento pediátrico na UPA de Itaperuna no último dia 01.12.2020. Desde então, passamos a contar com a competência e profissionalismo da equipe médica daquela unidade, no tratamento do paciente e nos ajudando a conseguir a vaga em Hospital de Referência no atendimento Pediátrico.
Inicialmente não conseguimos a vaga, pois na maioria das unidades hospitalares as estruturas de atendimento Covid-19 foram direcionadas a pacientes adultos, pois historicamente pelo relatos médicos, crianças dificilmente complicaram o quadro clínico de covid-19, a ponto de precisarem de internação em UTI especializada.
A Secretaria Municipal de Saúde de São José de Ubá, manteve contato com os órgãos reguladores da SES no Rio de Janeiro em busca da vaga, e envolvemos diretamente a pessoa do Secretário Estadual de Saúde CHAVES que se prontificou em ajudar pessoalmente na solução do caso, e graças à Deus, tivemos resultado !!!
Neste momento, uma Ambulância UTI Móvel do Bombeiro de Itaperuna está levando o paciente pro aeroporto de Campos dos Goytacazes, onde já tem uma aeronave da Marinha Brasileira aguardado lá em Campos, para levar ao aeroporto no Rio de Janeiro, onde o Secretário Estadual de Saúde Dr Chaves está pessoalmente com uma UTI Móvel aguardando a chegada do paciente para levá-lo ao Hospital Municipal Jesus em Vila Isabel, referência em UTI Pediátrica Covid-19.
Só temos a agradecer à Deus em primeiro lugar, ao Secretário Estadual de Saúde Chaves que não mediu esforços para atender aos pedidos realizados pela Secretaria Municipal de Saúde de São José de Ubá, agradecer à todos os profissionais envolvidos, em especial ao Dr André Pará (chefe da Pediatria) e à Dra Dani, que mesmo não trabalhando mais na unidade, desde o primeiro momento se prontificou a ajudar na solução da transferência do paciente !!!
Só temos a agradecer e pedir à Deus que esteja no controle e interceda juntos aos profissionais que irão tratar do paciente até a tão esperada cura do mesmo !!! Amém !!

O Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro (CBMERJ) e Marinha do Brasil transportaram o paciente da UPA de Itaperuna para o Hospital Municipal Jesus, em Vila Isabel. 

Foto: Corpo de Bombeiros

A operação terrestre ficou a cargo do CBMERJ, que contou com duas ambulâncias avançadas com UTI (unidade de tratamento intensivo) e equipe médica.

O transporte aéreo foi realizado por uma aeronave da Marinha do Brasil, que opera por instrumentos.- Choveu hoje no Estado do Rio e ficamos sem teto para levantar voo. Imediatamente solicitei apoio aéreo, em virtude da gravidade do caso – afirmou o secretário de Estado de Defesa Civil e comandante-geral do CBMERJ, coronel Leandro Monteiro, que foi prontamente atendido pelo comando do 1º Distrito Naval. – A corporação já adquiriu, na Itália, uma aeronave que opera por instrumentos, mas a pandemia atrasou a entrega. Seria o ideal para fazer o resgate.

Foto: Corpo de Bombeiros

Uma ambulância da corporação transportou o paciente do hospital de origem até o aeroporto de Campos, onde o helicóptero da Marinha do Brasil aguardava. Chegando no aeroporto Santos Dumont, outra ambulância do Corpo de Bombeiros RJ, também com UTI e tripulada por uma pediatra, realizou o translado até a unidade hospitalar em Vila Isabel.

O Governador em exercício Cláudio Castro fez uma publicação em suas redes sociais.

Um menino de 8 anos, em estado grave diagnosticado com Covid-19, foi transferido neste domingo, de um hospital em Itaperuna, no Noroeste Fluminense, para o Hospital Municipal Jesus, em Vila Isabel, Zona Norte da cidade do Rio.
Nossa gratidão ao excelente trabalho de cooperação envolvendo CBMERJ de Itaperuna e Rio de Janeiro que, em operação conjunta com a Marinha do Brasil resgataram com êxito o menino Matheus.
Agradeço o apoio do nosso secretário de Saúde, Carlos Alberto Chaves e do comandante-geral do Corpo de Bombeiros e de Defesa Civil, coronel Leandro Monteiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *