Motorista de aplicativo é flagrado pela PRF transportando cocaína e ecstasy; material seria comercializado em Pádua

Com quase 8Kg de cocaína e 31 comprimido de ecstasy o motorista foi abordado na BR-116, em Teresópolis, o mesmo informou que foi contratado para fazer o transporte da droga que seria comercializada em Santo Antônio de Pádua

Um motorista de aplicativo, de 35 anos, foi preso em flagrante pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) por transportar cocaína e ecstasy na BR-116 (Rodovia Santos Dumont), em Teresópolis, na Região Serrana do Rio, na tarde desta quarta-feira (6).

Os 7,8 Kg de cocaína e os 31 comprimidos de ecstasy, também conhecido como MDMA, estava escondidos dentro da caixa de som do veículo envolvidos por sacolas plásticas.

Segundo a PRF, as drogas estavam escondidas na caixa de som do veículo — Foto: PRF/Divulgação

De acordo com a PRF a droga seria comercializada em Santo Antônio de Pádua.

Os policiais rodoviários federais faziam uma blitz quando notaram o motorista em atitude suspeita. Os agentes pediram os documentos e após revista conseguiram encontrar o material.

“O condutor relatou que é motorista de aplicativo e foi contratado para fazer o traslado do ilícito por uma quantia de R$ 2 mil”, disse a PRF.

A ocorrência foi apresentada na polícia judiciária em Teresópolis.

A operação no local faz parte da Operação Égide, iniciada em 1º de outubro como parte do planejamento da PRF na repressão ao crime nas rodovias federais.

“A operação foi desencadeada após análise e mapeamento dos principais pontos críticos do país. As ações terão como principal objetivo o combate ao roubo de cargas, veículos e coletivos e também ao tráfico de drogas e armas”, apontou a polícia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *