Pelo menos 26 famílias foram afetadas pela tempestade em Campos

Os moradores do distrito de Santo Eduardo em Campos, no Norte Fluminense, foram pegos de surpresa por uma tempestade com vendaval e chuva de granizo que atingiu a região na madrugada desta quinta-feira (29). Ao todo, 26 famílias foram atingidas e uma delas precisou deixar o imóvel e ir para casa de parentes por conta da queda de uma árvore.

As demais famílias também já estão sendo atendidas pela Defesa Civil e secretaria de Desenvolvimento Humano e Social, que estão providenciando o fornecimento de alimentos, água potável e colchonete, além da troca de telhas. 

De acordo com o coordenador da Defesa Civil, major Edison Pessanha, a estimativa é de que tenha chovido cerca de 80 milímetros em duas horas de chuva intensa e os ventos tenham atingido 70km/hora pelo grau de destruição. 

As equipes permaneceram durante todo o dia identificando e atuando nos pontos atingidos. Foi verificado o destelhamento de casas, queda de árvores e de poste, o que causou a interrupção do fornecimento de energia elétrica, além da dificuldade de comunicação telefônica. “As nossas equipes visitaram os pontos atingidos. Estamos com duas frentes, umas visitando as famílias e outra atuando na desobstrução de vias, onde caíram algumas árvores. Reunimos todas as informações e repassamos à secretaria de Desenvolvimento Humano e Social, que já está providenciando a assistência de acordo com a necessidade de cada família. Só de telhas estamos disponibilizando 160. Não temos hora para acabar os trabalhos”, disse o coordenador da Defesa Civil Municipal, Edison Pessanha.  A Enel também enviou equipe ao local para atuar no restabelecimento da energia. Até o momento, foram removidas oito árvores das vias (entre a estrada de Santo Eduardo até a divisa da ponte Espírito Santo).

De acordo com Edison Pessanha não havia nenhum alerta meteorológico sobre esta tempestade que aconteceu em Santo Eduardo entre a noite desta quarta e madrugada desta quinta. No entanto, o órgão está em estágio de atenção diante da possibilidade de pancadas de chuva em todo o município até o domingo (1). A previsão é de 140 mm no acumulado até lá.  Em caso de emergência, a Defesa Civil pode ser acionada através do 199 e (22) 98175-2512.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *