Polícia investiga estupro de vulnerável contra criança de 7 anos em Aperibé

As autoridades policiais investigam o estupro contra uma criança de 7 anos no município de Aperibé. Um homem de 60 anos, considerado até então amigo da família, teria praticado ato libidinoso contra a menina, dando-lhe dinheiro em troca de permissão para tocar suas partes íntimas.
   O caso foi descoberto pela mãe, quando desconfiou que a filha estava aparecendo com dinheiro em casa. A vítima contou que o suspeito lhe dava dinheiro para deixar tocá-la. A partir daí a mãe passou a deixar o celular filmando na casa e acionou a Polícia Militar ao gravar o suspeito tocando na filha.
   O suspeito seria um homem de 60 anos, conhecido da família e que tinha o hábito de frequentar a casa. Ele foi conduzido pelos PMs do 36º Batalhão à 136ª Delegacia Legal de Santo Antônio de Pádua, onde presta depoimento à Polícia Civil. A Delegacia apura o caso, que tem sido tratado à princípio como estupro de vulnerável.

Fonte: Folha Itaocarense

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *