Polícia prende acusado de matar cabo da PM durante tentativa de assalto em Mesquita

Policiais militares do Grupamento de Ações Táticas (GAT), do 14º BPM (Bangu) prenderam o homem acusado de assassinar covardemente o Cabo da PMERJ, Derinaldo Cardoso dos Santos, de 34 anos, durante uma tentativa de assalto em uma loja de departamentos, em Mesquita, na Baixada Fluminense, na tarde de sexta-feira 04/12.

Foto divulgação redes sociais

A prisão foi realizada na tarde deste domingo 06/12 e contou com o apoio do Setor de Inteligência da Secretaria de Administração Penitenciária.

Continua após a publicidade.

Através do compartilhamento de informações, chegou-se ao esconderijo de Jonathan Santos Targino, em uma área de mata, na Vila Kennedy, na Zona Oeste da cidade. Ele foi preso junto com outro homem. Jonathan dava cobertura aos assaltantes e atirou contra o cabo Cardoso pelas costas.

Foto divulgação PMERJ

O Tenente Coronel Marco Antônio Santos de Melo Comandante do 14° Batalhão de Polícia Militar onde o Cabo Cardoso estava lotado, postou a captura do assassino em suas redes sociais com a seguinte legenda.

CAPTURADO
No sepultamento do cabo Cardoso eu prometi a viúva que a Polícia Militar não descansaria até que ele fosse preso.

O cabo Derinaldo Cardoso dos Santos foi enterrado sob forte comoção neste sábado no cemitério Jardim da Saudade, em Sulacap, na Zona Oeste. Ele deixou a esposa e dois filhos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *