Prefeitura de Campos segue com ajuda a famílias após tempestade

Equipes da Coordenadoria Municipal de Defesa Civil e da Secretaria de Desenvolvimento Humano e Social (SMDHS) permaneceram até a madrugada desta sexta-feira (30) na sede do distrito de Santo Eduardo, área Norte do município, onde uma tempestade com vendaval, chuva de granizo e raios causou grandes estragos na madrugada de quinta-feira (29). Desde as primeiras horas da manhã de quinta, o prefeito Rafael Diniz vem acompanhando a situação e orientando as ações das equipes, que continuam prontas para qualquer necessidade.

. No total, 26 famílias foram atingidas e uma delas foi abrigada por parentes, porque a casa foi danificada na queda de uma árvore.

– Após encerrar os trabalhos na madrugada desta sexta, continuamos em estágio de atenção, porque a previsão é de mais chuva em toda a região, devido à chegada da frente fria. Choveu mais de 80 mm na região de Santo Eduardo, além do vento de 70km/hora, que causou os estragos. Mas todos os atingidos já receberam telhas para reposição, além de alimentos, água mineral, colchonetes e cobertores, fornecidos pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Humano e Social – explicou o coordenador de Defesa Civil, Edison Pessanha.

A secretária de Desenvolvimento Humano e Social, Pryscilla  Marins, também, acompanhou o trabalho de entrega do material. “Estivemos em atendimento junto às famílias de Santo Eduardo, atingidas pela tempestade, fornecendo todo material necessário, como alimentos, água potável, colchonetes e cobertor. Atendemos de forma emergencial, porém, a partir de terça-feira (03), a equipe do CRAS já estará na localidade para dar andamento aos atendimentos. Em parceria com a Defesa Civil, serão avaliadas as famílias que podem precisar do Aluguel Social com base em laudos do órgão. Confirmadas as necessidades de acordo com critérios técnicos do Programa, elas serão encaminhadas  para o Departamento de Habitação da Secretaria”,informa a secretária, que também estava com assistentes sociais, a diretora do Departamento de Habilitação, Raquel Almeida e a diretora do Departamento de Proteção Social Básica, Cristiana Versiani.
Ainda segundo o coordenador, as equipes permaneceram longas horas cortando e carregando dezenas de árvores derrubadas, desobstruindo o caminho de diversas vias, trabalho encerrado somente na madrugada desta sexta. Todas as famílias com algum prejuízo, além dos itens recebidos, foram questionadas se preferiam ir temporariamente para uma escola, mas elas preferiram permanecer em casa.
– Embora não houvesse qualquer alerta meteorológico sobre a tempestade ocorrida em Santo Eduardo, estamos sempre prontos para dar uma resposta dentro do menor tempo possível. Como a previsão é de instabilidades pelos próximos dias, podendo chover um acumulado de 140 mm até domingo, seguimos com o estágio de atenção. Reforçamos que em caso de emergência, podem acionar a Defesa Civil pelo 199 e (22) 98175-2512 – conclui Edison Pessanha.

Cobertura de quadra desabou em Donana

Na noite dessa sexta-feira a chuva chegou forte na cidade interditando alguns pontos, também foram registrados fortes rajadas de vento que arrancou arvores, a cobertura da quadra de esportes na praça da localidade de Donana foi ao chão durante a passagem da chuva.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *