Prefeitura de Pádua lança o Vacinometro da COVID-19

Na quarta-feira 20/01 a prefeitura municipal de Santo Antônio de Pádua iniciou a campanha de vacinação contra a COVID-19. REVEJA AQUI!

O município recebeu 650 doses da vacina CORONAVAC, sendo a metade das 1.300 doses anunciadas pelo Ministério da Saúde, sendo essa primeira fase destinada para idosos em instituições de longa permanência e profissionais de saúde que atuam na linha de frente ao combate ao Novo Coronavírus.

Na noite de sexta-feira 22/01 chegou ao Brasil cerca de 2 milhões de doses da vacina de Oxford da Índia, as doses foram distribuídas para os 92 municípios nessa segunda-feira 25/01, em Pádua foram recebidas 470 doses.

Muitos perguntam como está sendo feito o controle dessas vacinas, quantos já foram vacinados no município.

A secretaria de Cultura, Comunicação e Tecnologia da prefeitura de Pádua lançou nessa terça-feira 26/01 uma plataforma chamada VACINOMETRO que mostra quantas pessoas já foram vacinadas no município desde do início da campanha.

Em Santo Antônio de Pádua de acordo com com o vacinometro já foram vacinados 83 idoso de instituições de longa permanência, 03 pessoas com deficiências e pertencentes a instituições e 197 profissionais de saúde que atuam na linha de frente ao combate ao COVID-19, totalizando 283 pessoas vacinadas até essa terça-feira.

Nas redes sociais a secretaria de saúde publicou: “A Secretaria de Saúde junto a Secretaria de Cultura, Comunicação e Tecnologia de Santo Antônio de Pádua gostaria de informar que devido a atual situação de pandemia na qual estamos enfrentando, esta se compromete a sempre estar atualizado a população dos acontecimentos em tempo real.

Com este compromisso como prioridade, vamos estar sempre deixando a população atualizada com a criação do vacinômetro!

O vacinômetro se trata de um site criado pela Secretaria de Cultura Comunicação e Tecnologia, que em parceria com a Secretária de Saúde, irá manter você e seus familiares a par dos índices de vacinação da nossa cidade e todos os dados referente a Covid-19, para que assim toda a população tenha em primeira mão informação em apenas um clique.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *