Prefeitura de Pádua separa 2 milhões de reais para aquisição de vacina contra a Covid-19

Após a possibilidade de que estados e municípios possam aderir por conta própria doses de vacina contra a Covid-19, o prefeito de Santo Antônio de Pádua, Paulo Roberto Pinheiro Pinto e o vice-prefeito Jadir Junior anunciaram a separação de renda para a compra das doses.

No dia 23 de fevereiro, a maioria dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiram que estados e municípios, podem comprar e fornecer à população vacinas contra a covid-19. A decisão foi proferida em uma ação protocolada pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

A medida foi autorizada apenas em caso de descumprimento do Plano Nacional de Vacinação pelo governo federal ou de insuficiência de doses previstas para imunizar a população.

Em vídeo publicado nas redes sociais o prefeito e vice-prefeito de Pádua anunciaram a reserva de dois milhões de reais para a aquisição de doses assim que os tramites legais forem liberados.

¨Eu e o Jadir ficamos o dia inteiro fazendo conta, analisando a conta da prefeitura com essa noticia onde os municípios vão poder comprar as vacinas para a COVID, agende fez as contas das nossas economias nesses dois meses de governo e separamos dois milhões para comprar em doses de vacinas assim que o município puder fazer essa aquisição e tiver tudo certinho, é uma boa notícia para o município de Santo Antônio de Pádua, tem dois milhões reservados em dinheiro de recursos próprios, dinheiro do munícipe paduano que a gente vai comprar tudo de vacina para imunizar a população, claro que a gente vai esperar os tramites legais a liberação correta, vamos pedir para que nossa equipe de saúde faça contatos com as empresas que vão realizar essas vendas e a gente vai querer entrar na fila para sermos um dos primeiros municípios do estado a comprar a vacina assim que estiver liberado.¨  – Disse o prefeito Paulo Roberto Pinheiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *