Recém-nascido é encontrado dentro de caixa de papelão em Campos

Um recém-nascido foi encontrado dentro de uma caixa de papelão na manhã desta quinta-feira 1° de abril na Rua Álvaro de Azevedo Barcelos, no Parque Nova Brasília, em Campos dos Goytacazes, no Norte Fluminense.

De acordo com a Polícia Civil, o bebê foi encontrado por volta das 6h enrolado em uma sacola plástica, dentro da caixa. O bebê é um menino. Ele está bem e foi encaminhado para um hospital.

Uma moradora do local disse à polícia que ouviu o choro de uma criança de madrugada, mas achou que era o filho de uma vizinha. Quando a moradora saiu para ir à igreja, encontrou a criança na calçada. Um outro morador, Jorge Alves, estava passando na rua para ir ao trabalho e foi chamado pela mulher. Ele gravou um vídeo mostrando o que estava acontecendo.

“Acabei de sair de casa, tô indo trabalhar agora e a dona me chamou aqui. Não dá nem pra acreditar como que existem pessoas covardes nesse mundo. Gente, se a pessoa não quer um filho, não quer uma criança, vamos deixar pra adoção, mas isso não existe. Olha que covardia, um recém-nascido. Graças a Deus a dona viu aqui. A gente vai tomar as providências agora, Jesus amado!”, disse Jorge no vídeo.

Segundo a polícia, em cima do local onde o bebê foi abandonado tem uma câmera, mas é de um estabelecimento que foi fechado e a câmera estava com os fios cortados.

Recém-nascido foi encontrado dentro de caixa de papelão em Campos, RJ; ele está bem e foi encaminhado para o Hospital Plantadores de Cana — Foto: Divulgação/HPC
Recém-nascido foi encontrado dentro de caixa de papelão em Campos, RJ; ele está bem e foi encaminhado para o Hospital Plantadores de Cana — Foto: Divulgação/HPC

A criança foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros e encaminhada para o Hospital Plantadores de Cana. De acordo com a unidade, o bebê está bem e permanece internado na maternidade do hospital.

Ainda não há informações sobre quem teria abandonado o bebê. O caso foi registrado na 134ª DP, onde está sendo investigado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *