Rio Muriaé continua subindo e ruas começam a ficar inundadas em Itaperuna

Defesa Civil de Itaperuna continua em alerta com a cheia do Rio Muriaé que continua subindo seu nível, algumas ruas do município já começam a ficar inundadas, como é o caso da Avenida Senador de Sá Tinoco (Beira Rio) e algumas ruas do bairro Vinhosa.

Hoje o secretário de Defesa Civil o Major Luz que informou que até o momento o município não possui nenhuma ocorrência  de desabrigado ou desalojados e que continuam em alerta e acompanhando a situação dos rios que desaguam no Rio Muriaé e  se caso necessário as equipes estão prontas para atuarem e que a população deve entrar em contato através do número 199.

Ontem a Defesa Civil emitiu um comunicado informando a população que devido ao acúmulo das chuvas nas últimas horas na cidade de Muriaé, município do Estado de Minas Gerais, somado a chegada do volume d’água oriundo da Bacia Hidrográfica do Rio Carangola entramos no status de ALERTA com a previsão de que o nível do Rio Muriaé atinja a cota de aproximadamente 5 metros, o que resultaria na inundação das áreas mais baixas da Avenida Cardoso Moreira.

Hoje de acordo com o HIDROWEB o Rio Muriaé em Itaperuna está com 4m.68cm na atualização realizada as 14h15.

O prefeito Alfredão também em um comunicado feito hoje através da página oficial da prefeitura informou, ¨nesse momento de adversidade das cheias dos rios que chegam aqui em Itaperuna e gostaria de informar a população que estamos mobilizados de tal forma que estamos trabalhando em conjunto com todas as  secretarias para resguardar nosso povo e estamos vendo como está a situação a todo momento e estamos em alerta.¨

A Secretaria de Defesa Civil também emitiu um comunicado de interdição de vias devido estarem alagadas:

¨ A Secretaria Municipal de Defesa Civil e Ordem Pública, através da Guarda Civil Municipal, informa à população que, devido ao nível atingido pelas águas do Rio Muriaé, a Ponte do Claudão e a Avenida Ministro de Sá Tinoco (Beira Rio) estão parcialmente interditadas para o fluxo de carros e motos. Na ponte, o bloqueio é no sentido do Centro para o bairro Fiteiro. Já na Beira Rio, o ponto ainda liberado para o trânsito é o trecho compreendido entre a cabeceira da ponte e a rua Buarque de Nazaré (lateral do Colégio Estadual 10 de Maio).¨

Fotos: Reprodução Redes Sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *