Secretária de Saúde de Pádua se pronuncia sobre Hospital Hélio Montezano

Hoje recebemos uma ligação de funcionário do Hospital Hélio Montezano relatando sobre o que está acontecendo, VEJA AQUI, sobre demissão de médicos, salários, atrasados e até paralisação dos demais médicos.

O Jornal na Boca do Povo é imparcial e sempre tentamos mostrar os dois lados dando sempre oportunidade para ambas as partes se pronunciarem, em relação a matérias anteriores nossa redação tentava sempre contato com a secretária de saúde mais não obtiamos respostas, na noite dessa quarta-feira 16/12, a mesma entrou em contato para falar sobre a matéria que publicamos.

A secretária nos pediu então para entrarmos em contato com a Diretora Clínica, a Doutora Fernanda Rangel que assumiu o posto recentemente, e que ela nos atenderia.

Em contato com a Doutora Fernanda, fizemos algumas perguntas sobre como ficaria a questão dos médicos que pediram demissão, se já havia alguém para substituir, já que hoje o hospital ficou sem médico de 9h as 11h.

De acordo com a doutora amanhã já tem outro médico para atender a população, e que hoje o médico em questão não compareceu e ela foi substitui-lo, e que já foi contratado o medico de visita que inclusive já passou hoje, “mas se sexta, sábado e domingo se não conseguir médico quem estará de plantão serei eu” disse a Doutora Fernanda.

A doutora disse que não julga os médicos que pediram demissão e concorda pelo o que estão brigando, mas que ela não deixará a população desamparada.

Não sei se você sabe mais em setembro eu me afastei pois fiz uma cirurgia e estou com uma bolsa de colostomia me recuperando da cirurgia, só que eu vim pra cá pois vou ficar até o barco afundar” disse a Doutora.

A doutora em outra fala disse que “Eu concordo e que todos médicos tem que receber, mais que eu não posso pular de um barco que está afundando, que eu sou médica eu não sou diferente que isso, eu nunca vou ser diferente que isso, eu sou médica a doze anos entendeu? Então eu que sou médica a doze anos não posso pular de um barco por não ter recebido, eu sei que seu salário é trabalhado e todo mundo quer receber, mais a crise acontece em todos os governos, e todo dia.”

De acordo com a doutora o valor devido aos médicos eram de R$ 36 mil entre agosto, setembro e outubro e que no dia 01/12 eles receberam R$ 9 mil cada, e que realmente falta receber o mês de novembro, não os julgo pois todos devem receber, “só que a população não pode pagar por isso”.

INFORMAÇÃO EXTRA: Após a publicação dessa matéria uma médica entrou em contato com nossa redação informando que os médicos não receberam esse valor.

Em pronunciamento a Secretária de Saúde a senhora Evaléria informou, “Estamos com poucos pacientes internados. O hospital está com médico no Plantão, na visita e sobre aviso de emergência, obstetrícia e UPG .Dificuldades na saúde tem em qualquer lugar do Brasil, mas estamos, mesmo diante da crise com o Novo Coronavírus caminhando bem para atendimento a população. E que mesmo com uma dívida do Estado e Federal de mais 15 milhões com o município, o governo atual mantém firme no comprometimento com a vida que é o bem maior.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *