TRE-RJ adia eleições suplementares de Italva para 21 de junho

O Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ) aprovou, na sessão desta terça-feira (17), o adiamento, para 21 de junho, das eleições suplementares para prefeito e vice de Italva, no Noroeste Fluminense, que estavam marcadas para 10 de maio.

O adiamento do pleito faz parte de um conjunto de medidas institucionais anunciadas elo TRE para ajudar a conter a propagação do coronavírus.

Com a mudança, outras datas do calendário das eleições suplementares do município terão que passar por adequações.

No dia 30 de março, quando a corte volta a se reunir, o calendário eleitoral com as novas datas deverá ser divulgado.

Prefeita afastada

O presidente da Câmara de Vereadores de Italva, Alcirley Lima (PRP), foi empossado como prefeito interino no dia 18 de fevereiro.

Alcirley assumiu a chefia do Executivo após o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) afastar a prefeita Margareth do Joelson (PP) do cargo por compra de votos em 2016.

De acordo com a decisão, houve promessas de emprego e pagamento de exame médico para eleitores em troca de votos.

O TSE determinou a realização de uma nova eleição na cidade.

Margareth divulgou em sua rede social que vai recorrer no Supremo Tribunal Federal (STF) e negou as acusações.

G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *