Após 80 dias internada, vítima de tentativa de feminicídio recebe alta em Campos

Profissionais da UTI do hospital, que cuidaram dela durante todo esse tempo, fizeram questão de estar ao lado de Roberta Bianca de Souza, de 44 anos, na saída.

Nesta quinta-feira (19) foi um dia especialmente feliz para a família da paciente Roberta Bianca de Souza, cuja história comoveu a população de Campos dos Goytacazes. Roberta, de 44 anos, foi vítima de tentativa de feminicídio no dia 1º de junho deste ano, após ser atingida por tiros disparados pelo ex-namorado. Depois de 80 dias de internação no Hospital Ferreira Machado (HFM), ela recebeu alta, com uma despedida emocionante. Profissionais da UTI do hospital, que cuidaram dela durante todo esse tempo, fizeram questão de estar ao lado de Roberta na saída.

Roberta e a filha Isabela, assim como os profissionais do HFM, não conseguiram conter a emoção. Estes últimos acompanharam a luta da paciente pela vida. Ela deu entrada no hospital em estado grave, com perda de movimentos do corpo em razão de um tiro no pescoço. Enfrentou alternação de quadros da saúde, mas conseguiu vencê-los.

“Estou muito feliz e grata a todos vocês”, repetia Roberta, entre lágrimas e sorrisos. A filha Isabela agradeceu a toda a equipe que cuidou da mãe, ressaltando o carinho e o profissionalismo de todos. “Agradecemos a todos e tenho certeza que ganhamos muitos amigos aqui”, disse.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *