Idoso de 110 anos é um dos 1.448 recuperados da Covid-19 em Campos

Há cerca de quatro meses, o mundo enfrenta a pandemia da Covid-19 e em Campos a situação não é diferente. O município contabiliza 2.202 casos confirmados, sendo 128 óbitos. Mas há histórias de superação. A mais recente é de Davino Cordeiro, de 110 anos, que recebeu alta nessa segunda-feira 05/07, do Centro de Controle e Combate ao Coronavírus de Campos. A unidade foi implantada pela Prefeitura no mês de março com a coordenação do prefeito Rafael Diniz. Davino é um dos pacientes mais velhos, se não o mais idoso, no Brasil, a vencer a doença. No mundo, o paciente recuperado mais velho é uma mulher de 113 anos na Espanha. 

Davino é uma das 1.448 pessoas recuperadas da doença no município com dados atualizados na data de 08/07, de acordo com o levantamento da Vigilância em Saúde até esta segunda. Em junho, o Departamento aumentou a equipe, ampliando a busca ativa pelos pacientes com confirmação e recuperação da doença. A saída do paciente de 110 anos foi comemorada e registrada pela equipe do Centro de Controle e Combate ao Coronavírus de Campos.

Ele ficou internado durante 18 dias na enfermaria da unidade exclusiva para tratamento de pacientes com o novo coronavírus. Ele não chegou a dar entrada na UTI e, agora segue com a família de sete filhos, 11 netos e 18 bisnetos.

A neta de Davino, Luciana Cordeiro Leodoro conta que os dias de internação foram de muita apreensão. 
– Eu e todos os meus primos tivemos muito medo de perder nosso avô. Estamos muito felizes e aliviados agora que ele já está em casa. Quero agradecer a toda a equipe do Centro de Controle que tratou do meu avô. Muito obrigada  a cada um de vocês – falou emocionada Luciana Cordeiro.

Campos possui até essa quarta-feira 08/07 2253 casos confirmados, 148 óbitos sendo 131 confirmados e 17 em investigação, 1448 estão curados.

Com informações: Prefeitura de Campos dos Goytacazes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *