Jovem de 17 anos com Covid-19 está em estado grave em Campos; Material será analisado por suspeita da variante Delta

Foto: ILUSTRATIVA

Município determinou a coleta de amostra para realização do sequenciamento genômico, através do Instituto de Biodiversidade e Sustentabilidade (NUPEM/UFRJ) de Macaé.

Um adolescente de 17 anos está internado em estado grave em Campos dos Goytacazes, no Norte Fluminense, diagnosticado com Covid-19. Com o objetivo de saber se o jovem foi infectado pela variante delta, a Prefeitura determinou a coleta de amostra para realização do sequenciamento genômico, através do Instituto de Biodiversidade e Sustentabilidade (NUPEM/UFRJ) de Macaé.

A Subsecretaria de Atenção Básica, Vigilância e Promoção da Saúde disse que após contato com o hospital verificou que o jovem teve o diagnóstico confirmado para Covid-19 através de exames RT-PCR e de imagens.

“O adolescente iniciou um quadro de amigdalite no domingo, evoluindo para tosse, cansaço e dificuldade respiratória, além de saturação baixa. Ele está entubado e em posição de prona. O quadro de saúde é considerado severo que irá motivar mudanças a serem debatidas na reunião do Gabinete de Crise, prevista para a próxima segunda-feira (09)”, divulgou a Subsecretaria.

Ainda segundo o órgão, independentemente da variante, é natural, por conta da vacinação, que grupos não imunizados fiquem mais suscetíveis.

“(…) toda vez que se vacina uma população cria-se um bolsão de suscetíveis, ou seja, pessoas que não foram vacinadas e ficam expostas ao vírus mais agressivo, seja a variante Gamma, a Delta ou qualquer outra”, explica a pasta.

A Prefeitura disse que já está se preparando para, assim que concluir a vacinação da aplicação da 1ª dose para pessoas com 18 anos, iniciar a vacinação em adolescentes de 12 a 17 anos.

Fonte: G1 – Foto Ilustrativa: Marcello Casal Jr/ Agência Brasil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *