Médicos da UPA de Guarus em Campos realizam nova paralisação por atraso de salários

Uma nova paralisação dos médicos da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Guarus, em Campos, na manhã desta quinta-feira 28 de outubro reivindicam o acerto no pagamento salarial da categoria que está em atraso.

De acordo com o Sindicato dos Médicos de Campos (SIMEC), o salário em atraso é referente ao mês de setembro, e que a categoria só irá realizar atendimentos em caso de emergência amarela e vermelha.

Ainda de acordo com o Sindicado a restrição dos atendimentos é por tempo indeterminado, até que o salário seja pago.

No último sábado, dia 23 de outubro a categoria fizeram um protesto em frente da unidade de saúde, paralisando os atendimentos por 24 horas.

O SIMEC informou que o Instituto Lagos Rio, organizadora social que administra a UPA de Guarus, teria marcado uma data para o apagamento por três vezes e não teria cumprido, diante disso o corpo clínico, formado por 44 médicos, decidiram interromper novamente os atendimentos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *