Miracema, Itaperuna e outras quatro cidades têm todos os leitos públicos de UTI ocupados

FOTO CAPA MERAMENTE ILUSTRATIVA

Em outros dois municípios, a taxa de ocupação é de mais de 90%. Na capital, são apenas 30 leitos vagos.

Seis municípios do Rio de Janeiro estão com todos os leitos de UTI da rede pública ocupados nesta terça-feira (17). São eles:

  • Bom Jesus do Itabapoana
  • Itaguaí
  • Itaperuna
  • Miracema
  • Nova Friburgo
  • Teresópolis

Dados Painel Coronavírus COVID-19 – GOVRJ
Dados Painel Coronavírus COVID-19 – GOVRJ
Dados Painel Coronavírus COVID-19 – GOVRJ
R7.com

Seis municípios do Estado do Rio de Janeiro não têm mais vagas em UTI para pacientes de covid-19, segundo balanço desta terça-feira, 17. O Estado tem 92 municípios, mas só parte deles têm UTI para pacientes de covid-19.

Itaguaí, na Região Metropolitana, que dispõe de cinco leitos; Itaperuna, no noroeste do Estado, com dez leitos; Nova Friburgo, com 20 leitos, e Teresópolis, com 29 leitos, ambas na Região Serrana; e Bom Jesus de Itabapoana, com 65 leitos, e Miracema, com seis leitos, ambas no interior, estão com 100% das vagas de UTI para pacientes de covid-19 ocupadas. Na capital, a ocupação é de 95%, segundo o painel de monitoramento da pandemia mantido pelo governo do Estado.

No início desta terça, Teresópolis, na Região Serrana, apresentava um leito de UTI vago, mas durante o dia o espaço foi ocupado por um paciente em tratamento.

O município de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, tem 10 leitos disponíveis. Já no Rio de Janeiro, são 30 leitos vagos.

Variante delta

Na segunda-feira, a Secretaria Estadual de Saúde informou que a variante delta já é a mais encontrada em amostras coletadas pelos técnicos.

No sábado as Prefeituras de Santo Antônio de Pádua e Itaocara confirmaram a identificação da Variante Delta no município, na segunda-feira e nesta terça-feira as Prefeituras de São Fidélis e Bom Jesus do Itabapoana também confirmaram a identificação da variante nos municípios.

Por conta disso, a superintendente de Regulação da pasta pedia a avaliação “com urgência” da possibilidade de aumentar o número de vagas.

Com base nisso, a SES vai publicar em até 15 dias um chamamento público para contratar 150 leitos para Covid. São 100 de UTI e 50 de enfermaria, mas ainda não há previsão de quais municípios devem ser beneficiados.

Com Informações: PAINEL COVID-19

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *