‘Nós não sabemos quanto de óleo ainda tem no mar’, diz Bolsonaro após fragmentos chegarem ao RJ

O presidente Jair Bolsonaro afirmou, neste sábado (23), que o governo federal ainda “não sabe quanto óleo ainda tem no mar”, ao comentar a notícia de que fragmentos do material foram encontrados em São João da Barra, no Norte do Estado do Rio de Janeiro.

“Nos gostaríamos muito que fosse identificado quem cometeu, no meu entender, esse ato criminoso. Nós não sabemos quanto de óleo ainda tem no mar”, afirmou o presidente em entrevista após participação em evento militar na Zona Oeste do Rio.

A Marinha e outros órgãos federais que acompanham o desastre ambiental identificaram 300 gramas de fragmentos de óleo na Praia de Grussaí, em São João da Barra. A força-tarefa informou que o material foi detectado na sexta-feira (22/11) e é compatível com o que já foi encontrado na costa do Nordeste e do Espírito Santo.

“Na pior hipótese, um petroleiro, caso tenha jogado no mar toda a sua carga, menos de 10% chegou na nossa costa ainda. Então, nos preparemos para o pior. Pedimos a Deus que isso não aconteça”, acrescentou Bolsonaro.

Um grupo de militares da Marinha e servidores do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) foram para Grussaí. Havia a previsão de ocorrer uma reunião da força-tarefa ainda neste sábado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *