Ratão-do-banhado é resgatado vivo no litoral de São Francisco de Itabapoana

São Francisco de Itabapoana (SFI) registrou o aparecimento de mais um ratão-do-banhado (Myocastor coypus), espécie rara na região, sendo o terceiro surgimento que se tem conhecimento na história do município, todos neste ano. Ao contrário das outras duas vezes, nesta mais recente, o animal, que é do sexo feminino, estava vivo.

“Fomos avisados pela equipe do CTA – Serviços em Meio Ambiente, empresa que presta serviços à Petrobras. O ratão-do-banhado se encontrava nas imediações da Praia de Lagoa Doce. A Guarda Ambiental (GAM) realizou o resgate, com o apoio de agentes da Emtransfi (Empresa Municipal de Trânsito), e posteriormente o animal foi encaminhado para o Centro de Biociências e Biotecnologia (CBB) da Universidade Estadual do Norte Fluminense (Uenf), em Campos”, informou a secretária municipal de Meio Ambiente, Luciana Soffiati.

Primeiros registros – Os dois primeiros surgimentos de animais da espécie no município ocorreram no mês de setembro último, em um intervalo de apenas três dias. Na ocasião, a professora Caryne Aparecida de Carvalho Braga, do CBB da Uenf, esclareceu que o roedor é considerado umas das 100 piores espécies invasoras do mundo, recebendo esta classificação devido ao potencial de se instalar rápido e se reproduzir com eficiência, podendo provocar desequilíbrios no ambiente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *