Vídeo: Guarda Ambiental de Pádua resgata Tamanduá-Mirim em Campelo

Na tarde desta quarta-feira 17/02 equipes da Guarda Ambiental de Santo Antônio de Pádua foram acionados por moradores para resgate de um Tamanduá-Mirim no distrito de Campelo.

O tamanduá-mirim é uma das três espécies da família que ocorre no Brasil, sendo as outras duas o tamanduá-bandeira (Myrmecophaga tridactyla) e o tamanduaí (Cyclopes didactylus). Quando se sente ameaçado, fica em posição ereta, apoiado sobre os membros posteriores e a cauda, deixando as garras das patas anteriores livres para golpear qualquer atacante. Costuma repousar em tocas durante as horas mais quentes do dia. A mancha negra em sua pelagem lhe confere o nome de tamanduá-de-colete em algumas regiões.

O animal estava em uma árvore próximo a um campo de futebol e foi necessário o guarda subir para realizar o resgate, após o resgate o animal foi devolvido a natureza, solto em uma localidade conhecida como ¨TRÊS CRUZES¨.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *