Witzel exonera presidente do Detran-RJ

O governador Wilson Witzel (PSC) exonerou nesta quinta-feira o presidente do Departamento de Trânsito do Estado do Rio de Janeiro (Detran-RJ), Antônio Carlos dos Santos, e nomeou em seu lugar o vice, Marcello Braga Maia,a informação foi publicada no Diário Oficial.

A substituição vinha sendo reinvidicada por pelo menos dez deputados que, desde o início do governo Witzel, dividiam o poder (e as diretorias) do departamento. Com a nomeação de Antônio Carlos, um delegado da Polícia Federal, em dezembro, o grupo havia perdido força e as pressões começaram apenas um mês depois.

As intimidações aumentaram nos últimos dias, quando surgiram denúncias de superfaturamento em contratações do governo do estado para o combate à Covid-19.

Com gastos de quase R$ 2 bilhões emergenciais, quase todos com preços bem acima do mercado, o Palácio Guanabara entrou na mira da Assembleia. A oposição propôs uma CPI — e o grupo à frente do departamento teria aproveitado o clima de instabilidade para exigir a demissão do presidente do Detran.

Recentemente, Antônio Carlos também havia determinado mudanças no Detran, como a troca de empresas forncedoras que eram mantidas por contrator emergenciais e termos de ajustes de contas (TACs), o que também não agradou diretores. Uma das empresas contratadas é a Átrio Rio Serviços de Tecnologia, de Vinicius Peixoto — filho do empresário Mário Peixoto, apoiador do governador Wilson Witzel.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *